Compartilhamentos

LEONARDO MELO

O sistema de segurança de uma motocicleta roubada levou policiais militares até o endereço onde o veículo estava escondido, no Bairro do Zerão, na zona sul de Macapá. Quatro pessoas foram presas e apresentadas no Ciosp do Pacoval na madrugada desta terça-feira (19).

O roubo ocorreu por volta das 21h, no Bairro do Buritizal. A vítima estava conduzindo uma motocicleta XRE, quando foi abordada por dois homens em outro moto. Um deles estava armado.

“Quando eu vi, ele já estava do meu lado armado, e apontando para mim. Ele pediu para entregar a moto e entreguei. (…) Eu vi que a arma era de verdade e entreguei”, disse o jovem que não será identificado.

“Se eu tivesse reagido teria pegado um tiro e não estaria aqui contando a história”, ponderou.

Drogas e colete balístico. Bandido disse que estava pronto para confronto. Fotos: Leonardo Melo

O que os bandidos não sabiam é que a moto tem um localizador que funciona por GPS e pode ser rastreada por aplicativo de celular. Foi assim que os policiais chegaram até uma residência na Avenida Valter Jucá, no Bairro do Zerão. A moto estava escondida dentro da casa.

Os policiais acharam as chaves da moto dentro de um pote em cima da geladeira. Também havia uma placa fria e material para fraudar o lacre da motocicleta.

A dona da casa informou que o veículo foi deixado ali por seu marido com ajuda de dois amigos dele, identificados como “Formiguinha” e “Kiko”. A esposa informou que o marido estava na casa de Formiguinha, e indicou o endereço correto, na Rua Dom José Maritano, também no Zerão. 

“Formiguinha” (de camisa rosa) tentou fugir, mas foi alcançado

Quando os policiais chegaram à residência, Formiguinha tentou fugir, mas foi alcançado e preso. O criminoso confessou que os dois assaltantes haviam acabado de sair do local numa moto e usando a arma do crime.

Os policiais revistaram a casa e encontraram drogas, um colete balístico que estava debaixo do sofá e o celular da vítima que estava guardado dentro de um guarda-roupa.

No celular de Wesley Rodrigo Beleza dos Santos, de 18 anos, o “Formiguinha”, os policiais encontraram mensagens de áudio onde ele estaria encomendando e depois negociando a moto roubada. O veículo seria usado no plano de vingança da morte do pai dele.

Ao todo, 12 porções de maconha foram apreendidas na segunda residência

Além de Formiguinha, a PM conduziu para a delegacia Weverton Freire dos Santos, de 27 anos, e mais duas mulheres, entre elas a esposa do assaltante que ainda não foi preso junto com o comparsa. Uma das mulheres foi liberada depois de prestar depoimento. O restante foi enquadrado por receptação e tráfico de drogas.

“A gente verifica que existem mais envolvidos. Os principais criminosos não foram presos, apenas os intermediários. (…) Um deles teria comentado que estava pronto para um confronto com a polícia, pois estava com o colete balístico”, comentou a tenente Annie Monteiro, da Divisão de Comunicação Social da PM.

Compartilhamentos