Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Na tarde de sábado (9) acontecerá na zona norte de Macapá o Desfile Cívico Estudantil. A programação será na Rodovia do Curiaú, no Bairro Jardim Felicidade I, a partir das 15h30min. Este será um dos três desfiles  promovidos pelo governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Educação (Seed).

Com o tema ‘A Educação Promovendo a Cultura de Paz’ o evento lavará para desfilar cerca de 500 alunos de 16 escolas da rede estadual de ensino da zona norte e mais 80 funcionários. Os desfiles são alusivos a Semana da Pátria. A expectativa é de que 4 mil pessoas prestigiem o ato cívico.

“Hoje nós vivemos em um mundo muito violento onde as pessoas não estão se compreendendo, principalmente na relação com o mundo e com os outros. E a forma de fazer com que as pessoas façam uma reflexão sobre estabelecer uma convivência harmoniosa é promovendo uma cultura de paz”, explicou Airton Guedes, da coordenação do desfile da Seed.

Apresentação do GTA será repetida na zona norte. Foto: André Silva

Além de escolas, estarão se apresentado Policia Militar (PM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) Exército e Guarda Civil Metropolitana de Macapá (GCMM). A novidade para este ano é que o Grupo Tático Aéreo (GTA) realizará a mesma apresentação que fez no 7 de setembro no Sambódromo.

As bandas marciais das escolas são atração principal do desfiles. Depois da apresentação das bandeiras, no primeiro pelotão virá a Banda Marcial do colégio Esther Virgolino, seguida pelos alunos da escola de gestão compartilhada Risalva Freitas do Amaral. Logo depois, no quarto pelotão, será a vez da Banda Marcial da Escola Antônio Lima Neto e a Banda Marcial do Colégio Amapaense, encerrando as apresentações.

13 de Setembro  

A programação dos desfiles seguem até o dia 13 de setembro divididos em dois horários. Às 8h30min no município de Santana o desfile vai reunir 350 alunos de 9 escolas estaduais e municipais. As instituições vão desfilar na Avenida Santana. E a partir das 16h é a vez de escolas da zona sul de Macapá que vão levar mais de 1,4 mil alunos para a Avenida Ivaldo Veras.

Compartilhamentos