Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Orçado em R$ 11,2 milhões, um novo hospital de média e alta complexidade deverá ser construído no município de Porto Grande, localizado a 103 quilômetros de Macapá.

Os recursos para garantir a obra deverão vir dos acordos de compensação pelos impactos gerados na instalação de uma Usina Hidrelétrica (UHE) no Rio Araguari. A previsão é que a execução do projeto inicie neste semestre.

O governador do Amapá, Waldez Góes, e o prefeito de porto Grande, José Maria Bessa, analisaram o projeto básico do hospital em encontro no dia 2, no Palácio do Setentrião.

O prefeito Bessa avalia que, após a conclusão, a unidade abrigará até 78 leitos, o que representa mais de 250% da capacidade atual da rede hospitalar do município.

 Os estudos financeiros para a aquisição de equipamentos da nova unidade também já estão sendo feitos pelas equipes técnicas de saúde e infraestrutura do governo e prefeitura. A atual unidade será demolida e dará lugar a nova estrutura.

“Nesta primeira etapa, a meta é concluir obras que disponibilizaram 28 leitos. Em seguida o governo e prefeitura darão prosseguimento à construção de outros dois blocos, que aumentarão o total para 78 leitos”, explicou o governador Waldez Góes.

Foto de capa: Marcelo Loureiro (Secom)

Compartilhamentos