Compartilhamentos

Por JENNIFER BORGES, do Spaço Nega Lôra

Cuidar do cabelo na gravidez é mais do que essencial. Além de levantar a autoestima das futuras mamães, elas merecem esse cuidado em um momento como esse de grandes transformações, não somente no corpo, na pele e em especial nos cabelos que também precisam de um pouco mais de atenção, pois podem ficar mais secos, finos, com oleosidade excessiva, além de mudarem de textura e volume. E em alguns casos a queda dos fios acontece, o que claro, vai depender de cada mulher.

Todo esse processo gera uma grande dúvida para as mulheres grávidas, por isso, resolvemos dar algumas dicas para você passar pelos nove meses mais importantes da sua vida cheia de autoestima, e com alguns truques fáceis para lidar com os fios. Confira:

CABELO

Para as grávidas que sofrem com os fios arrepiados, eles na verdade são os fios novos que estão nascendo. Para lidar com eles, a dica é aplicar um óleo ou leave-in anti-frizz na hora da finalização e caprichar na rotina de hidratação. É claro, se seus fios estiverem ressecados o ideal é manter a rotina de nutri-los com produtos à base de óleos naturais.

Às mamães que estão sofrendo com a oleosidade excessiva no couro cabeludo, a forma de contornar e até amenizar a situação é apostar no shampoo para cabelos mistos, que remove a oleosidade da raiz enquanto hidrata as pontas que podem ficar secas.

A queda de cabelo atinge a maioria das mulheres que estão nesse estado de transformação. São perdas naturais de alguns fios que se destacam pela queda desde a raiz do couro cabeludo, que logo nos 4 primeiros meses diminui, por ser um ciclo natural da gestação, em algumas mulheres. Mas para quem está sofrendo de queda excessiva, a dica é procurar um médico para conferir se há problemas além dos hormônios.

Para as mamães adeptas do secador, chapinha ou babyliss , usar um finalizador com proteção térmica para proteger os fios do ressecamento do calor, já que as mudanças de textura nos fios acabam acontecendo pelo processo do uso desses utensílios ou pela gestação.

Ressalto que a hidratação, escova de queratina e outras técnicas de hidratação profunda, são procedimentos totalmente liberados, pois os produtos são mais seguros. Eles têm uma base de queratinas e proteínas não tóxicas que hidratam os fios naturalmente, sem químicas.⁠⁠⁠⁠

QUÍMICA

Para as gravidinhas que antes de pensarem em ser mamãe já faziam uso de processo químicos nos fios, como as escovas temporárias, progressivas, selagens, tinturas ou luzes, o mercado dos cosméticos para cabelos teve um grande avanço falando em cuidados para o uso dessas técnicas em grávidas, garantido que as mamães tenham coloração, mechas e reflexos no cabelo repaginados neste período de gestação. Alguns médicos recomendam esperar até o primeiro trimestre da gestação, que é o período de formação do bebê, mas depois disso o ideal é aplicar sempre esses produtos ou utilizar os processos alguns dedos longe do couro cabeludo.

Uma das principais preocupações entre as mulheres nesse período gestacional é o uso do formol em determinados produtos. Mesmo a quantidade em sua dosagem sendo aprovada pelo Ministério da Saúde, isso ainda causa alguma resistência entre elas.

O cuidado de um bom profissional, aliado a liberação médica, é importante, para uso da química nos fios,  a conversa que você terá com profissional de sua confiança facilitará qual processo é melhor para manter a beleza dos fios e o cuidado dos seus cabelos nesse momento tão encantador pelo qual você passa.

Vale lembrar que a gestação dura somente nove meses e nesse período existe uma nova vida sendo gerada. Por isso, a futura mamãe deve se adaptar e curtir o momento da melhor forma possível, sem perder a feminilidade e a autoestima que as deixam tão bonitas nesse período.

 

DICAS EM DESTAQUE

· Corte, usar um cabelo que dê praticidade e, ao mesmo tempo, não incomode. Durante a gestação, os hábitos mudam e os cortes mais curtos, na altura dos ombros, são uma boa opção. Eles dão menos trabalho do que os compridos e ainda permitem uma mudança no visual.

· Nesse período gestacional o crescimento dos fios acelera, trazendo um cabelo mais volumoso e brilhante. Em contrapartida, neste mesmo período, a taxa de queda dos fios também diminui.

· Após a gravidez, o cuidado precisa ser reforçado nos fios durante a fase de amamentação por conta das alterações hormonais. O corpo dedica todas as vitaminas absorvidas ao leite materno, e isso torna o cabelo mais frágil. Além de perderem a força, os fios afinam, ressecam e a queda é maior.

• Aproveite essa fase para ser linda e elevar a autoestima receba seu filho com alegria e a beleza natural que toda mamãe tem.

Até a próxima!⁠⁠⁠⁠

Compartilhamentos