Para evitar desperdício, comunidade cria licor com super produção de cacau

Produção na Vila do Cassiporé era perdida todos os anos, por falta de projetos de aproveitamento do cacau.
Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

Uma comunidade da Vila Velha do Cassiporé, em Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá, descobriu na super produção de cacau na região formas de ganhar dinheiro e até ingressar no mercado europeu, no futuro.

Para comercializar o cacau que se perdia todos os anos por causa da grande produção, 20 famílias se uniram e criaram uma cooperativa com o apoio do Sebrae. O grupo passou a fabricar licor de cacau, e o plano para breve, segundo os cooperados, é criar uma fábrica de chocolate.

Para chegar à descoberta dos benefícios da plantação cultivada há muitos anos, desde o povoado de Aruak, nômades que viveram na região, o Sebrae realizou um estudo de viabilidade técnica e econômica da produção de cacau que chega a 42 toneladas, podendo dobrar com o manejo correto e infraestrutura. Atualmente, menos de 1 tonelada é aproveitada.  

Cooperado diz que meta é alcançar o mercado europeu. Fotos: Humberto Baía

Também para potencializar a produção, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) criou um ramal de acesso à região isolada, onde antes só se podia chegar através de pequenas embarcações.

Com o acesso por terra, a comunidade conseguiu escoar a produção agrícola, e iniciar o processo de fermentação e secagem das amêndoas do cacau, para confecção de iguarias.

Produto artesanal potencializa região

Cacau orgânico

A plantação na região do Cassiporé é livre de doenças e pragas, e está localizada às margens do Rio Cassiporé, onde por anos foram depositados nutrientes que fortalecem o cacau, tornando-o 100% orgânico. Especialistas de vários estados já visitaram a plantação e se impressionaram com a qualidade do fruto, segundo os cooperados. 

Atualmente, a comunidade injeta mão de obra na marca ‘Cacau Cassiporé’, que aguarda por certificação, conforme Dorismar da Paixão, cooperado.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.