Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Polícia Federal encerrou as atividades de um garimpo ilegal localizado em Tartarugalzinho, a cerca de 300 metros da BR-156, no Amapá. Máquinas e veículos de grande porte foram apreendidos e uma pessoa foi presa temporariamente.

A descoberta do garimpo é resultado de investigação da PF e Ministério Público Federal. Nesta sexta-feira, 29, foi deflagrada a operação Estrada Real, com alvo no garimpo.

Segundo a investigação, a região onde está o garimpo é onerada a uma empresa que possui autorização do DNPM para pesquisa mineral. Entretanto, o local foi invadido por vários garimpeiros e o dono da área cobraria dos invasores 30% do ouro extraído ilegalmente. Conforme apurou a Polícia Federal, a área degradada já supera os 70 hectares.

O responsável pela área responderá pelos crimes de usurpação de bem da União, extração ilegal de minério, associação criminosa, além de lavagem de dinheiro. Se condenado, poderá cumprir pena de até 19 anos de reclusão.

Compartilhamentos