Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

As estatísticas de homicídios com características de execução, no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, ganharam mais um dígito, no início da noite desta quarta-feira (21).

O homicídio ocorreu na Travessa Quinze, do Bairro Provedor II, por volta das 18h30min. Não há informações sobre a motivação do crime.

As equipes do 4º Batalhão da PM foram acionadas por moradores que encontraram o corpo de Ronisson Felipe Pinto de Paes, de 23 anos, caído em uma calçada. O jovem já estava morto quando a PM chegou ao local.

Criminosos fugiram num táxi branco, mas foram identificados por testemunhas. Fotos: Fernando Santos e Olho de Boto

Algumas testemunhas disseram apenas que a vítima foi encurralada por três homens que desceram de um táxi modelo Siena, de cor branca. Moradores identificaram os criminosos apenas pelos apelidos, incluindo o motorista do veículo que deu fuga. Os populares não anotaram a placa do carro.

A PM fez incursões na região, mas não encontrou o veículo e nem os criminosos. 

Esta semana, a cúpula da segurança pública revelou que parte das execuções está sendo promovida por duas facções de outros estados. Elas estariam eliminando bandidos locais para tomar território. 

Apesar dessa afirmativa, neste caso, os policiais não encontraram registros criminais de Ronisson Paes nos sistemas do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) e nem do MP. Também não havia nenhum mandado contra o jovem.

Compartilhamentos