Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

A Polícia Civil do Amapá prendeu na madrugada desta terça-feira (12) um dos principais suspeitos do latrocínio que vitimou a dançarina Carla Renata Souza dos Santos, de 17 anos, em junho deste ano. Maicon Costa Nascimento, de 29 anos, foi preso no Bairro Universidade, zona sul de Macapá.

A menina foi morta na noite de 17 de junho quando voltava sozinha de um ensaio de grupo junino. Foram mais de dois meses de investigações.

A polícia chegou até o suspeito depois que ele postou o celular da vítima nas redes sociais dois dias depois do crime. O delegado de Crimes Contra o Patrimônio, Celso Pacheco, frisou que o pedido de prisão temporária do suspeito é primeiramente pelo crime de receptação.

“A probabilidade de ele estar intrinsecamente ligado a esse crime (latrocínio) é muito forte justamente por informações preliminares que nós já temos no inquérito”, enfatizou o delegado.

Delegado Celso Pacheco, da DECCP: prisão é por receptação, mas suspeito pode estar ligado ao crime. Fotos: André Silva

Carla Renata volta de um ensaio junino quando foio abordada pelos criminosos. Foto: Reprodução/Facebook

O delegado relatou que o suspeito mora longe da casa da vítima e esse fato descarta que eles tenham premeditado o ataque. Segundo ele, testemunhas dizem que a jovem não reagiu ao assalto e mesmo assim foi atingida com um golpe de faca na região do tórax, vindo a morrer ainda no local.

O suspeito já tem passagem pela polícia por crimes relacionados ao patrimônio. Ele será ouvido, indiciado pelo crime de receptação e levado ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Compartilhamentos