Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Um aplicativo que acionará ajuda a mulheres em situação de violência será criado para fortalecer o trabalho de apoio a essas vítimas, desenvolvido pela Rede de Atendimento à Mulher (RAM).

Resultado de parceria entre o Ministério Público Estadual (MP) e a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Macapá, o aplicativo vai começar a ser desenvolvido a partir da assinatura de um Termo de Cooperação Técnica entre o MP e a prefeitura da capital. De acordo com a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Anne Pariz, a oficialização do ato deve acontecer nos próximos dias.

A ferramenta será disponibilizada para toda a população. Segundo a promotora de Justiça Andrea Guedes, o aplicativo vai somar ao trabalho já desenvolvido pelo Ministério Público, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher e Coordenadoria de Políticas para as Mulheres.

“Temos que transformar sempre a tecnologia em nossa aliada e este aplicativo trará ainda mais efetividade nas medidas protetivas às mulheres que se encontram em situação vulnerável de violência. É importante lembrar que o MP desenvolve um trabalho minucioso para minimizar os casos de violência e com essa união de esforços entre as instituições, podemos cada vez mais impedir que as estatísticas continuem crescendo”, falou a promotora.

Compartilhamentos