Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem foi morto a facadas na noite deste domingo (2), na área de invasão conhecida como Esconderijo do Altíssimo, às margens da BR-210, próximo do posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal. Segundo testemunhas, a vítima havia desferido uma bofetada no rosto do assassino, momentos antes do crime.

O homicídio ocorreu por volta das 20h. Adilson Lima da Silva, de 34 anos, caminhava pela Rua Maria Edina Rosa Pereira quando foi abordado pelo criminoso armado com uma faca.

A ocorrência foi atendida pelo 2º Batalhão da PM. Segundo informações repassadas por testemunhas aos policiais, vítima e o acusado, identificado apenas como “Alagoano”, estavam bebendo juntos quando discutiram. Adilson Silva teria dado duas bofetadas no rosto de Alagoano.

Vítima morreu com pelo menos 3 facadas. Fotos: Olho de Boto

A esposa de Adilson Silva informou aos PMs que o marido estava bêbado, e que depois das agressões ainda discutiu com o acusado.

“Ela contou que conseguiu levar ele para casa. Mas depois ele saiu e acabou encontrando de novo com o agressor (Alagoano) onde tiveram uma luta corporal. A vítima estava com um pedaço de pau e o agressor estava com duas facas”, explicou o tenente Jonathas, do 2º BPM. A vítima morreu com pelo menos três facadas.

PMs ouviram de vizinhos que Adilson Silva era acusado de furtos na comunidade. Policiais procuraram pelo homem conhecido como Alagoano, mas ele não foi encontrado.

Compartilhamentos