Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um jovem que morava no município de Santana, e que desapareceu na última sexta-feira (6), teve o corpo localizado pela Polícia Militar do Amapá no fim da manhã desta terça-feira (10), em uma área de mata completamente desabitada na zona norte de Macapá. Um mistério: a polícia tenta descobrir agora quem postou nas redes sociais uma foto do cadáver logo após a morte da vítima.

O jovem foi identificado como Danilo Souza de Oliveira, de 26 anos, serviços gerais. Segundo informações repassadas pela família, a mãe dele mora no município de Pedra Branca do Amapari, e outros parentes vivem na cidade de Vitória do Jari, no Sul do Amapá. Ele estava morando em uma casa na Baixada do Ambrósio, em Santana.

“Desde a sexta-feira foi comunicado o desaparecimento dele, e curiosamente já tinham o local onde estava o corpo, mas somente hoje fomos informados sobre esse local”, relatou o delegado de Homicídios, Ronaldo Coelho, chefe da Decipe.

Corpo foi encontrado em área de mata. Fotos: Olho de Boto

Família recebeu a foto do corpo e fez um apelo nas redes sociais

Existem vários fatos a serem esclarecidos, além do motivo do desaparecido e do homicídio. A polícia quer saber quem tirou uma foto do rapaz momentos depois dele ter sido assassinado. A foto estava circulando no aplicativo WhatsApp e foi recebida pela família do rapaz.

“Quem divulgou a foto é quem esteve no local, e deve ser do convívio deles (criminosos). Ainda não sabemos quem é, mas missão da investigação é essa”, deixou claro.

O corpo de Danilo Oliveira estava em avançado estado de decomposição e com as mãos amarradas para trás, como na foto postada pela família que fez um apelo nas redes sociais por notícias do jovem.

Mesmo restando praticamente a ossada e as roupas, a mãe dele esteve no local e fez o reconhecimento.

Equipe da Decipe esteve no local: vários mistérios

Compartilhamentos