Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Corpo de Bombeiros do Amapá está bem perto de iniciar as obras de construção do primeiro quartel da corporação na zona sul de Macapá. Na terça-feira (10), a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa aprovou parece sobre projeto de lei do governo do Estado que desapropria a área onde o edifício será construído.

O projeto estava sendo apreciado desde março, mas havia um nó jurídico a ser desatado. O terreno ainda pertencia à Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdesur), que possui dívidas trabalhistas. O deputado Paulo Lemos, membro da comissão, tinha alertado para a possibilidade de embargo em função dessa situação, e pediu que o governo do Estado e a prefeitura discutissem o assunto.

Como as tratativas foram feitas, a comissão pôde aprovar o parecer do deputado Max da AABB (SD). Os recursos para a construção do quartel, de mais de R$ 2,5 milhões, são de emenda do deputado Vinícius Gurgel (PR).

“Tivemos que aguardar o entendimento entre o Legislativo e os executivos, estadual e municipal, para que o processo de desapropriação fosse negociado, de forma a não correr riscos de embargo. Mas, agora é necessário corrermos para não perdermos esse recurso, pois os bombeiros são os guardiões da vida e do patrimônio das pessoas. E sua presença na Zona Sul da capital é mais que necessária”, avaliou. 

Capitão Sandro Sanches acompanhou a sessão da CCJ. Fotos: Jaciguara Cruz

Com mais de 3,2 mil metros quadrados, a área fica dentro do Loteamento da Embrapa.

A presidente da CCJ, Edna Auzier (PSD), lembrou que o recurso pode ser perdido se a obra não for logo executada. A sessão da CCJ que aprovou o parecer sobre o projeto foi acompanhada por representantes do Corpo de Bombeiros.

Compartilhamentos