Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Os moradores da zona norte de Macapá terão uma via de acesso para bairros da zona leste da cidade e para o município de Santana. De acordo com o governo do Amapá, a Linha Verde estará pronta até dezembro deste ano.

Para criar a via, parte de uma área de ressaca foi aterrada e recebeu serviços de terraplanagem e asfalto. Famílias que moram às margens da área que foi aterrada serão encaminhadas para o Residencial Macapaba.

Parte de uma área de ressaca foi aterrada para criar via Fotos: André Silva

A Linha Verde é uma obra de mobilidade urbana que consiste em uma interligação entre a Linha ‘E’, na Rodovia AP 440 (Km9), e as ruas do Loteamento Parque dos Buritis, no bairro Infraero 2.

Conforme o governo, as ruas Raimundo Ramos da Silva e  Yasmim dos Santos Brito já receberam serviços de terraplanagem, e parte delas já foi asfaltada. A linha ‘E’ está sendo terraplanada, e os cálculos da Secretaria de Estado de Transportes (Setrap) é de que ela esteja asfaltada até o fim de dezembro.

Famílias que moram às margens da área serão encaminhadas para o Macapaba Fotos: André Silva

“As pessoas que vêm de Santana ou que vão para lá, saindo da zona norte, terão maior facilidade em se deslocar”, falou o secretário Jorge Amanajás.

Duas famílias foram notificadas e terão que deixar a região. As casas ficam na Rua Alzie Soares Maia, no fim do loteamento Parque dos Buritis. As famílias já procuraram a Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) para realizar cadastro e aguardam retorno.

“A gente entende que é para o bem de todos, mas precisamos de um lugar para morar. Até agora, a Sims não nos procurou e a obra não parou”, disse Doriane Oliveira dos Santos, de 29 anos. Na casa moram ela, o marido e três filhos.

Algumas famílias terão de deixar a região Fotos: André Silva

 

Compartilhamentos