Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

No dia 5 de outubro, a atleta amapaense Maiara Amanajás dos Santos, de 30 anos, viaja para Belém (PA), para disputar uma melhor colocação na categoria peso pena, no ranking de lutas profissionais de MMA.

A atleta, que atualmente treina para vencer, quase foi derrotada para uma depressão.  Em 2014, quando perdeu uma luta no Jingle Figth, Maiara viu seus então patrocinadores pararem de investir. Ela chegou perto de desenvolver a doença e parou de lutar por 3 anos.

Atleta comemora a nova fase com a equipe Foto: Arquivo Pessoal

Maiara já foi campeã brasileira de Jiu-Jitsu, em 2016, e várias vezes campeã em torneios no Amapá.

Desde os 14 anos, ela pratica esporte e conta que sempre teve afinidade com lutas, passando à lutadora profissional em 2008.

“Foi difícil, mas dei a volta por cima, e hoje estou tendo uma outra oportunidade. Agora com a melhor equipe e um bom patrocínio”, comemora a atleta.

Na quinta-feira, Maiara vai enfrentar a paraense Samara, aluna do mestre ‘Formiga’, na categoria peso palha para atletas pesando até 52 quilos. A luta pode garantir um bom lugar no ranking de lutas profissionais.

Compartilhamentos