Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A procissão de 2 quilômetros durou mais de duas horas. Milhares de fieis acompanharam neste domingo (8) a tradicional procissão do Círio de Nazaré 2017. Sob um sol forte, muitos devotos fizeram a procissão descalços e contaram com a ajuda de voluntários.

Segundo o Corpo de Bombeiros, algumas pessoas passaram mal devido a insolação e o aperto para ficar próximo à imagem. Não houve incidentes mais graves.

Durante o percurso de pouco mais de dois quilômetros, muitas pessoas distribuíram, em agradecimento a bênçãos alcançadas, água, suco, hot-dog, chopp e até maniçoba. A dona de Jucelina da Silva enfeitou a frente da casa esperando a santa.

“É uma honra enorme ter a santa passando em frente a minha casa. Reuni a família e os amigos para juntos recebermos as bênçãos da santa”.

Voluntários protegem berlinda. Fotos: Cássia Lima

Como todos os anos, alguns fieis fizeram o percurso descalços

Percurso teve 2 quilômetros

Militares do Exército também ajudam na organização

A jovem Michele do Socorro, de 22 anos, realizou a procissão descalça. Ela agradeceu por ter conseguido uma vaga no tão sonhado curso de Farmácia.

“Vim agradecer a minha Virgem Maria pela benção alcançada. Ela me protege e me livra do mal”, disse a jovem.

Segundo a Polícia Militar, mais de 500 agentes da segurança pública trabalharam no Círio 2017, 200 foram bombeiros. Além de equipes do Samu, Guarda Civil Municipal e Exercito.

“Esse é um momento de muita fé. Estamos muito felizes por essa procissão linda e essa devoção a Virgem Maria. Hoje nossa Santa ficará na Igreja de São José.

Corpo de Bombeiros: calor fez fieis passarem mal

Procissão ocorreu depois de realização da missa no Santuário de Nossa Senhora de Fátima

Após o fim da peregrinação, pela terceira vez seguida, equipes da Secretaria de Manutenção Urbanística de Macapá (Semur), já realizavam a limpeza e lavagem do trajeto da procissão.

Compartilhamentos