Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A PM está de prontidão nas unidades de saúde do Estado à espera de um dos criminosos ferido com um tiro durante o assalto ao Supermercado Sorriso, na cidade de Santana. A Polícia Militar do Amapá divulgou nesta terça-feira (10) que os bandidos conseguiram fugir com R$ 120 mil em dinheiro.

O crime ocorreu por volta das 14h da segunda-feira (9), no momento em que o empresário Paulo Amilcas, dono da rede Sorriso, deixava a empresa em direção ao banco. Ele carregava o malote quando foi abordado por dois criminosos em uma motocicleta anunciando o assalto.

Um policial militar à paisana que passava pelo local abriu fogo contra os bandidos, alvejando um deles nas costas. Mesmo assim eles conseguiram escapar. Os bandidos também teriam atirado pelo menos 10 vezes, sendo que um dos tiros atingiu o pé do empresário que foi atendido em Macapá, e não corre risco de morte.  

“As informações preliminares indicam que os indivíduos sabiam que o proprietário ia sair do estabelecimento com esse malote, e isso já foi repassado para a Polícia Civil”, comentou a tenente Annie Monteiro, chefe de Comunicação Social da PM.

Assalto ocorreu quando o empresário se dirigia ao banco. Fotos: Central de Comunicação

“A gente sempre orienta os empresários para não informar a ninguém que está levando dinheiro”, acrescentou a oficial. 

A PM não informou que já existem suspeitos. O homem que atirou nos bandidos e que seria um policial militar à paisana, ainda não foi identificado.  

 

Compartilhamentos