Compartilhamentos

SELES NAFES

Um morador de Laranjal do Jari, no Sul do Amapá, filmou o que parece ser um macaco prego adulto e grande. O animal está preso em cativeiro há vários anos, num assentamento rural. Segundo o morador, quando o animal consegue fugir causa prejuízos nas redondezas, amedronta as pessoas, e já fez ataques.

Segundo o morador, que pediu para não ser identificado, o animal foi capturado ainda filhote pelo dono da propriedade, um sítio no Assentamento Nazaré Mineiro, no KM-0 da BR-156.

“Ele já mordeu a dona dela, e a filha da dona nas mãos. A criança levou vários pontos. Quando ele foge quebra antenas parabólicas, e perturba as crianças numa escola que funciona aqui perto”, explicou o morador ao portal SELESNAFES.COM.

“Como ele está adulto, é um macho, ele sente falta de uma fêmea, e fica muito irritado e agressivo. Quando uma criança for atacada com gravidade um pai de família vai se prejudicar. O transtorno é muito grande para a comunidade”, acrescentou.

O vídeo foi gravado na última quarta-feira (11), e o morador disse que encaminhou para o Ibama, mas ainda não obteve resposta. O delegado Sávio Pinto, chefe da Delegacia de Crimes Ambientais, informou que vai investigar o caso. Manter animais silvestres em cativeiro é crime ambiental.

Compartilhamentos