Compartilhamentos

SELES NAFES

A Superintendência de Patrimônio da União (SPU) autorizou, nesta quarta-feira (11), a doação para o governo do Estado da área onde será construído o Hospital do Câncer de Barretos, na zona norte de Macapá. A portaria foi entregue ao senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) pelo próprio superintendente da SPU, Cidraque de Oliveira Corrêa Neto, em reunião no início desta tarde.

O terreno fica na Rodovia Norte/Sul, e a doação havia sido solicitada oficialmente pelo governador Waldez Góes (PDT). A bancada federal garantiu R$ 22 milhões para a construção do prédio.

O senador atribuiu a conquista a um esforço coletivo da bancada e do governo do Estado.

“É importante fazer uma referência ao deputado (federal) Marcos Reátegui (PSD), que quando era coordenador da bancada conduziu isso muito de perto, mas foi uma conquista de todos, do governo, da prefeitura, e da bancada que colocou os recursos. É uma demonstração que uma obra dessa natureza não tem paternidade, e sim a união de interesses a favor de uma causa que é o tratamento do câncer”, destacou o senador Davi Alcolumbre.

Governador Waldez Góes em reunião com representantes do Hospital de Barretos, este ano. Foto: Arquivo/SN 

Ex-coordenador da bancada, Marcos Reátegui (PSD), conduziu negociação com o Hospital de Barretos

O deputado federal Marcos Reátegui também comemorou a notícia.

“Logo no início do meu mandato nós iniciamos essa articulação, que teve a rápida adesão de toda a bancada, governo do Estado e prefeitura. Era uma questão de tempo para que isso ocorresse”, comentou o parlamentar.

Construção

Superintendente de Patrimônio da União entrega portaria de doação ao senador Davi: “esforço coletivo”

O secretário de Saúde do Amapá, Gastão Calandrini, informou que agora o Estado fará a cessão de uso do terreno ao instituto que irá construir e administrar o Hospital do Câncer de Barretos. Segundo ele, o hospital, que é privado mas atenderá com tratamento e diagnóstico os pacientes do SUS, será construído pela própria rede de Barretos dentro de um ano.

“Lembrando que em novembro chegará a carreta equipada com aparelhos para fazer os exames preventivos, como mamografia e pccu, e que percorrerá todos os municípios do Estado até a conclusão do hospital. Essa carreta ficará baseada na UPA da Zona Norte de Macapá”, concluiu o secretário. 

Secretário de Saúde, Gastão Calandrini: carreta fará diagnósticos até conclusão do hospital, em um ano

Compartilhamentos