Compartilhamentos

 

SELES NAFES

Quem passa todos os dias pela Rodovia Duca Serra, na zona leste de Macapá, começou a perceber maior fluidez do trânsito, especialmente nos horários de pico. No entanto, quando a noite chega, é preciso estar atento.

A rodovia está duplicada no trecho em frente ao Marabaixo, e alargada em sua maior parte. As obras estão em andamento, e são tocadas pelo governo do Estado. Durante o dia, os carros precisam reduzir a velocidade porque há muitos operários e máquinas trabalhando. Os cones facilitam a direção certa a ser tomada.

Contudo, o trecho em frente ao Marabaixo I e o Goiabal, um dos mais movimentados, não tem iluminação pública. O problema se estende até a entrada do Marabaixo II. No meio da escuridão, os cones desaparecem. Um perigo potencializado pelo asfalto preto.

Acabou o congestionamento na saída do Marabaixo I e Goiabal. Fotos: Seles Nafes

Foto tirada 4 meses atrás no mesmo trecho. Arquivo/SN

 

Mesmo quem conhece bem o caminho encontra dificuldades no sentido Macapá/Santana.

“Não dá pra ver onde está o acesso entre o Marabaixo I e a Rodovia”, queixa o comerciante José Jardim, que mora no Distrito do Coração, a 2 quilômetros do Marabaixo.

A Setrap já informou ao Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) que nos próximos dias começará a instalação de tachões luminosos.

“Todo trecho em obra a pessoa já precisa reduzir a velocidade. A nossa orientação é que o motorista mantenha a cautela, especialmente com o uso dos faróis”, orienta o comandante do BPRE, Rondineli Marques.

Apesar do avanço em vários trechos, no que fica próximo da Lagoa dos Índios o fluxo continua lento. O local ainda não passou por obras, e é monitorado pelo BPRE.

Trecho duplicado próximo ao Iapen

Trecho próximo da Lagoa continua bastante lento

Compartilhamentos