Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Equipes de limpeza da Secretaria de Manutenção Urbanística de Macapá (Semur) constataram nesta quarta-feira (4) que pelo menos um homem estaria morando em um mausoléu no Cemitério São José, no Bairro do Buritizal, zona sul de Macapá. O caso será apurado pelo município.

Dentro do mausoléu foram encontradas roupas estendidas, garrafas de água e de bebidas, papelão usado como cama e indícios de uso de drogas. A sepultura fica próxima do muro do cemitério.

No momento da fiscalização, pela manhã, ninguém estava no local, mas um funcionário do cemitério disse que viu um homem pulando o muro. Apesar de ainda não ter sido identificado, há indícios de que ele e outros pessoas possam estar morando no local.

Restos de comida, drogas e cama de papelão

“Há indícios de que pessoas dormem e usam drogas ali. Encontramos uma lata de refrigerante que parecia estar furada para o consumo de drogas,” disse o servidor do cemitério, José Silva.

De acordo com informações da gerência, moradores do lado do cemitério disseram ver pessoas pulando o muro do local diariamente. Esse não é o primeiro caso. Num episódio ocorrido há alguns anos um homem com transtornos mentais também estava dormindo entre os jazigos.

Roupas estendidas indicam que o lugar virou moradia

A gerência do cemitério informou que irá fiscalizar o local pela noite para averiguar se os suspeitos só frequentam o local pelo período noturno.

O mausoléu está abandonado e não possui identificação nenhuma. Atualmente, a prefeitura de Macapá faz recadastramento dos lotes dos cemitérios da capital.

Compartilhamentos