Compartilhamentos

DA REDACÃO

O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), e o prefeito de Macapá, Clécio Luis (REDE), decidiram nesta terça-feira (24) criar um gabinete de gestão integrada para definir investimentos na capital. 

Foram definidas prioridades como a construção da UBS e da creche do Macapaba, além da entrega de duas que já estão prontas. Os dois gestores também voltaram a falar no Shopping Popular, obra paralisada há mais de 10 anos; além de passarelas, reformas de arenas e a revitalização da orla do Cidade Nova até o Araxá. 

O governo acenou com a possibilidade de apoio na limpeza da cidade, urbanização e contrapartidas de convênios federais. 

“Alinhamos alguns pontos prioritários, mas a agenda continua aberta para outras demandas. A ideia é manter a governança e ter as equipes do município e o governo trabalhando em conjunto em prol da população”, destacou o governador Waldez Góes.

“Saímos muito satisfeitos com a receptividade e com a abertura do governo. O diálogo é fundamental para que possamos avançar nas políticas públicas”, disse o prefeito de Macapá, Clécio Luís.

Um gabinete formado por representantes do governo do Estado e da prefeitura ficou de manter o diálogo. O governo será representado pelo secretário do Gabinete Civil, Marcelo Roza; o secretário das Cidades, Alcir Matos; e o subprocurador-geral do estado do Amapá, Julhiano Avelar.

Os secretários Jorge Pires e Evandro Milhomem; e a procuradora Taísa Mendonça, são os representantes da prefeitura na gestão. O cronograma de trabalhos do gabinete não foi divulgado.

Compartilhamentos