Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem foi preso depois de tentar matar a ex-companheira a facadas, no fim da noite desta quinta-feira (2), na zona sul de Macapá. A violência foi tão grande que num dos golpes a faca entortou no corpo da vítima.

O crime ocorreu por volta das 22h30min, na Passarela Independência, área de pontes do Bairro do Zerão. A vítima de 39 anos foi surpreendida quando chegou em casa e encontrou o ex-marido, Alex dos Santos Albuquerque, de 30 anos, que a esperava.

Houve discussão que terminou com as agressões feitas na frente do único filho do casal. Os vizinhos ouviram os gritos de socorro e foram até a residência onde o ex-marido foi imobilizado.  

A vítima estava muito ferida, e foi levada para o Hospital de Emergência de Macapá onde passou por um procedimento de drenagem de um dos pulmões perfurado com uma facada. O  estado clínico é grave. A facada foi apreendida, e a imagem impressiona.

Alex Albuquerque já tem passagem por tentativa de homicídio. Fotos: Olho de Boto

A Polícia Militar do Amapá informou que o casal estava separado, mas sempre brigava.

“Parentes da vítima informaram que faz muito tempo que eles não vivem juntos. Quando ela recebe pagamento ele vai lá exigir dinheiro dela. (…) Não aceita a separação e ainda fica tomando dinheiro dela”, comentou o sargento Antônio Sarmento, do 1º BPM.

“Quando ela não dava dinheiro ele batia nela, mas ela não registrava queixa com medo”, acrescentou o policial.

Parentes informaram ao portal SELESNAFES.COM que o casal já está separado há dois anos depois de um relacionamento conturbado que durou 4 anos. Mas, segundo informações do irmão da vítima, Alex Albuquerque não aceita a separação, e sempre procura a ex-esposa para fazer ameaças e exigir dinheiro.

“Eles separaram, mas sempre fica perturbando ela. Ele ficou esperando ela chegar (em casa) e fez o que fez”, relatou o irmão da vítima, João Xavier Pantoja.

“Quando ele se mete muito na droga e na bebida ele vai lá com ela. Agora é pedir a Deus que livre ela dessa situação”, concluiu o irmão.

PM apresentou agressor na Delegacia de Crimes Contra a Mulher

O agressor foi apresentado pela PM na Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DECCM) por lesão corporal e tentativa de homicídio. Ele já cumpriu pena no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) por outra tentativa de homicídio.

Compartilhamentos