Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um cadáver foi encontrado na tarde desta sexta-feira (17), em uma área de mata, atrás de uma chácara na Rodovia 440, num ramal da Linha E, no Amapá. Apesar de estar em avançado estado de putrefação, o corpo foi identificado por moradores da região como sendo de Adomar Monteiro Cabral, de 75 anos.

De acordo com a polícia, a vizinhança falou que o homem não era visto na região havia cerca de 3 meses. Ele apresentava problemas de saúde e falhas na memória, além de consumir com frequência bebida alcoólica, segundo os vizinhos.

“Ele já andava meio perturbado, fraco da cabeça. Ele era sozinho aqui, e já não dava conta de fazer muita coisa, só alguns mandados”, falou o morador Júnior Amaro.

O corpo foi encontrado por populares, que acionaram a polícia.

Cadáver foi encontrado por populares, que chamaram a polícia Fotos: Olho de Boto

“Nossa equipe foi acionada por populares que encontraram o cadáver em estado avançado de putrefação. Informações que colhemos é de que ele estava desaparecido há quase três meses. Ele aparentava saúde debilitada, envolvimento com álcool, falhas na memória, e isso tudo leva a crer que ele tenha tido problema de saúde, mas a perícia vai apontar”, informou o tenente Alves Neto, do Batalhão de Polícia Rodoviária do Estado.

A Polícia Técnico-Científica do Amapá (Politec) removeu o cadáver para perícia e identificação da causa da morte.

 

Compartilhamentos