Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

Passados cerca de cinco anos após a retirada de mais de vinte feirantes que ocupavam uma área localizada nos arredores da Escola Estadual Ribamar Pestana, localizada no município de Santana, a cerca de 17 quilômetros de Macapá, o local voltou a ser ocupado.

São vendedores ambulantes que estão utilizando o espaço para a comercialização de alimentos. A área faz parte do passeio público e deverá entrar no processo de ordenamento municipal do Bairro dos Remédios.

Há anos o local vem sendo motivo de intensas discussões. A comunidade escolar, inclui-se aí professores, pais de alunos e estudantes, eram contrários a ocupação do local. Em alguns casos, estabelecimentos comerciais já estavam servindo de moradias.

Todo tipo de produto era vendido na área. De peixe até hortifrutigranjeiro. Foi então que a Prefeitura de Santana determinou a retirada dos ocupantes, atendendo uma determinação do Ministério Público Estadual.

Ambulantes estão vendendo alimentos. Fotos: Fernando Santos

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semdur), o problema foi identificado há cerca de três meses. A partir de então foram iniciadas tratativas para que os ambulantes se retirassem, mas isso não ocorreu. Com isso, a Semdur notificou e deu um prazo para saída do local.

“Nós fizemos a notificação dessas pessoas que ocuparam a área irregularmente, sabendo que há uma determinação do Ministério Público para a não ocupação do local. Eles não cumpriram a notificação e agora nós iremos fazer a retirada deles num curto espaço de tempo. Estamos apenas aguardando a resposta da Polícia Militar que dará apoio na retirada”, finalizou o secretário de Desenvolvimento Urbano, Lindemberg Araújo.

Compartilhamentos