Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Com mais de 65 anos de idade, o coronel Alberto Dantas lembra bem da década de 1960. Ele foi o primeiro comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá. O efetivo era de pouco mais de 30 homens, e as ocorrências daquela época eram bem diferentes das de hoje.

O coronel serviu ao Corpo de Bombeiros entre as décadas de 1960 e 1970. Ele foi homenageado nesta sexta-feira (17), em sessão solene da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), e lembrou das ocorrências daqueles anos.

“Ocorriam poucos incêndios e nossa brigada era pequena. Mas os homens eram esforçados e muito focados. Eu lembro que, às vezes, a gente apagava incêndios fazendo malabarismo”, disse o coronel.

Bombeiros foram homenageados na Alap Foto: Cássia Lima

O efetivo menor, poucos equipamentos, às vezes falta de água e até dificuldade de acesso às ruas de Macapá daquele período foram lembrados durante homenagens. As honras especiais foram aos primeiros bombeiros que serviram.

“A emoção de honrar esses desbravadores do Corpo de Bombeiros. Se nós hoje temos uma corporação eficiente e respeitada é devido ao primeiro trabalho desses homens e mulheres”, frisou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Wagner Coelho.

Primeira turma de bombeiros do Amapá Foto: Cássia Lima

Criação do Corpo de Bombeiros

A corporação teve início em 1960, com a criação dos Corpos Voluntários de Defesa Contra Incêndios, pela antiga Icomi. Os voluntários foram treinados para combater incêndios e realizar salvamentos.

Mas só em 17 de novembro de 1967, que o governo baixou ato criando o Corpo de Bombeiros Voluntários, e determinando também a instalação de hidrantes na nova sede dos bombeiros que estava sendo construída. 

Com a criação da Polícia Militar do Amapá, em 1975, os bombeiros passaram a ser subordinados diretamente ao governo do então Território do Amapá, e comandado pela PM/AP. 

Mas, devido o grande crescimento da cidade, no ano de 1992, criou-se, então, o CBMAP, que se desvinculou da PM/AP, através da Lei n.º 025 de 09 de julho de 1992.

 

Compartilhamentos