Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Órgãos estaduais e municipais de Macapá não vão funcionar no dia 30 de novembro, por causa do ponto facultativo pelo Dia do Evangélico. Apenas serviços essenciais não param nessa data. 

O Dia Nacional do Evangélico, que não instituiu feriado, foi sancionado pelo então presidente Lula, em 2010. No Amapá, a data é facultada ou não, dependendo de decreto dos poderes.

“A data é uma grande vitória para os evangélicos. É um reconhecimento pela doutrina cristã e por todo o trabalho social promovido pelas igrejas evangélicas no mundo”, frisou o pastor Everaldo Gomes. 

De acordo com dados do último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem 187 mil protestantes no Amapá, representando 28% da população. O número supera a média brasileira, que é de 22,16%.

Compartilhamentos