Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Alunos da Escola Estadual Augusto Antunes, em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, bloquearam a Rua Salvador Diniz, nesta sexta-feira (10), para reivindicar professores e merenda escolar. A manifestação durou cerca de 2 horas.

Com cartazes e faixas, os estudantes também pediram melhoria na estrutura física de escola, que é uma das pioneiras da cidade.

Estudantes em frente a escola Augusto Antunes Foto: Paulo Leal

“Estamos reclamando a falta de professores de arte e de francês. Não temos banheiro adequado, passamos o tempo todo sem poder se higienizar, principalmente as alunas”, lamentou a estudante Franciele Santos de Araújo.

Segundo os estudantes, o novo formato de ensino integral, implantado na escola no início do ano, está comprometido, por causa da estrutura da instituição.

“Sem estrutura, a gente não tem como passar o dia todo na escola. Estamos reclamando a falta de almoço. Está muito difícil”, completou a estudante.

Estudante Franciele Santos de Araújo reclamou de falta de merenda Foto: Paulo Lemos

Professores deram apoio aos alunos, na manifestação. O professor Evaldo Gomes disse que a reivindicação dos estudantes é pertinente.

“É muito pertinente a luta dos estudantes. Todos os professores eram para estar aqui, junto com eles, mas, no ensino regular está tendo reavaliação, por isso, todos os professores não podem estar aqui no momento. Tudo que foi prometido no início do ano não foi feito na escola. O ensino integral está praticamente irregular. Até as matérias eletivas, são matérias patenteadas, e foi feita uma reclamação junto ao Conselho Estadual de Educação e ninguém deu atenção para isso”, falou o professor.

A reportagem não conseguiu contato com a direção da escola e nem com a Secretaria de Estado da Educação (Seed).

Compartilhamentos