Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

Na manhã desta terça-feira (21), o secretário de Saúde do Amapá, Gastão Calandrini, entregou ao Hospital de Oiapoque uma nova central de processamento de lavagem de roupas hospitalares.

“Há muito tempo não tínhamos como lavar as roupas e era feito de maneira precária”, diz um médico que não quis gravar entrevista.

Muitas cirurgias foram adiadas por falta de roupa higienizada para os médicos e técnicos. Além da nova lavanderia, o hospital recebeu mais 500 peças novas de roupas.

A nova central tem capacidade para lavar diariamente mais de 1 tonelada de roupas, entre lençóis, fronhas e vestuários das equipes de cirurgia. A nova estrutura vai garantir a rápida reposição das peças à hotelaria do hospital, tudo rápido e seguro. 

Secretário acompanha trabalho na nova lavanderia. Fotos: Humberto Baía

Lavanderia tem capacidade para uma tonelada de roupas por dia

A lavanderia será operada por uma empresa especializada em higiene hospitalar que atende a rede pública do Estado. O contrato mensal para Oiapoque é de R$ 117 mil.

Calandrini também garantiu que a Sesa já comprou um novo aparelho de raios-x para o hospital.

“Estamos esperando apenas os técnicos virem para Oiapoque fazer a montagem”, informou.

Empresa está encarregada de operar lavanderia

Há um mês, o hospital está sendo dirigido por Lisiane Sousa Lobato, com formação em administração de hospitais. A nova diretora também colocou à disposição da população uma ouvidoria dentro do hospital para receber sugestões e reclamações da população de Oiapoque.

Compartilhamentos