Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O governo do Amapá estuda proposta da Associação Comercial e Industrial do Amapá (Acia), para construção de uma passarela ligando o Trapiche Eliezer Levy até a nova imagem de São José, que será substituída em breve, conforme prevê a entidade.

O acesso, segundo a Acia, proporcionaria aos visitantes, um contato mais próximo com a imagem do santo padroeiro do Amapá, fixada no rio Amazonas, a 300 metros da orla de Macapá.

“Pretendemos instalar a imagem do santo, após uma consulta popular. Com a construção do aceso até o local, a população teria um contato mais próximo com o monumento”, falou o presidente da Acia, Altair Pereira.

Na semana passada, ele e representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento das Cidades (SDC) apresentaram ao governador Waldez Góes, o projeto de reforma e ampliação da pedra do guindaste, monumento que sustenta a imagem do santo, no rio.

Nova imagem está sendo esculpida pelo artista piauiense Lindomar Plácido Foto: Arquivo Pessoal

A proposta para substituição da imagem é de iniciativa da Diocese de Macapá, que solicitou da Acia e parceiros a intervenção tanto na pedra, quanto na imagem, em virtude da situação atual do monumento que corre o risco de desmoronar. O pedido inclui a realização da reforma e o aumento de tamanho, em pelo menos mais de 1 metro, do cilindro de concreto conhecido como Pedra do Guindaste, e ainda, a construção de uma nova estátua de São José, de frente para a cidade.

A estátua está sendo esculpida pelo artista piauiense Lindomar Plácido. Altair Pereira disse que tentou contratar artistas locais, mas não conseguiu.

A imagem original deve ser reformada e colocada em frente a Fortaleza de São José de Macapá, após uma avaliação junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Compartilhamentos