Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Um dos presos que tentou escapar do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), na terça-feira (14), conseguiu fugir na quinta-feira (16), enquanto aguardava atendimento no Hospital de Emergências de Macapá (HE). Ele e outro detento eram monitorados por um único agente prisional.

O diretor do Iapen, Lucivaldo Sousa, disse que o preso Edney Nunes Furtado estava internado esperando por cirurgia. Segundo ele, enquanto o agente foi vigiar o outro detento que ele escoltava, com a ajuda de um acompanhante, Edney abriu as algemas e evadiu-se do lugar. Ele estava preso à maca, e, com algum objeto, conseguiu abrir a algema.

O Iapen opera com déficit de agentes e estuda a possibilidade de um concurso público entre o fim de dezembro e início de 2018, conforme o diretor.

“Existe um déficit muito grande de servidor. O Iapen não é um bom lugar para trabalhar, então, está acontecendo uma evasão de servidores. Eles passam em outros concursos e o lugar fica vago”, justificou o diretor.

Ediney se feriu em tentativa de fuga do Iapen. Foto: Divulgação Iapen

Segundo ele, seriam necessários mais 200 agentes penitenciários para dar conta do número de presos.  

Tentativa de fuga

Ediney Nunes e mais três detentos tentaram fugir esta semana do Iapen, mas foram pegos pelos agentes ainda nas redondezas da penitenciaria. Dois conseguiram pular o muro e um deles era Ediney, que quebrou o pé ao tentar fugir.

Este mês, o Iapen já registou várias tentativas de fuga. Em uma delas, os presos tentaram pular o muro camuflados usando um tapete de mato confeccionado por eles mesmos.

Compartilhamentos