Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

No dia 11 de novembro, o cover nº 1 do Rei do Rock no Brasil, Renato Carlini, se apresenta pela segunda vez no Amapá. Desta vez, o show será no hotel Recanto Família Bianchi, acompanhado de banda.

O portal SELESNAFES.COM conversou com Renato, que mora em São Paulo, e faz pelo menos cinco shows por semana, geralmente em hotéis, casamentos e bailes.

Como vai ser o show no Família Bianchi?

A gente sempre procura favorecer o público com um repertório bem conhecido, bem clássico. Não adianta colocar músicas que não são muito conhecidas, ou mesmo usar uma roupa que eu como fã sei que o Elvis usou mas o público geral não conhece. Procuramos levar um Elvis pra todo mundo curtir.

Como é a aceitação do público mais jovem?

Acho que o Elvis é um dos poucos artistas que consegue transcender a barreira da idade dos fãs. Tem muito adolescente que curte, gente com 25 ou 30 anos que gosta, e já fiz show até para crianças que gostam do Elvis.

Quando você começou a gostar do Elvis?

Meu primeiro contato foi nos filmes da Sessão da Tarde (TV Globo) quando eu era criança. Meu pai e minha mãe não eram tão fãs, mas eles tinham os discos em casa e eu ficava ouvindo.

Renato Carlini: Elvis transcende a barreira das idades. Fotos: Divulgação

O Elvis era tenor?

Não. Era barítono, mas em alguns tons eles fazia o tenor.

Sua voz é muito semelhante a dele. Foi necessário estudar canto?

Quando eu era adolescente fiz aulas para aprender a usar o diafragma e colocar a voz no local certo para ter condições de cantar por duas horas sem perder a voz. Depois fui me profissionalizando e comecei a fazer shows na escola. Mas acredito que cantar já vem com a gente desde o nascimento. 

Serviço:

Show Elvis Cover Brasil, com Renato Carlini

Local: Hotel Recanto Família Bianchi

Reservas: 99117-7900, 99170-7900, 99148-7900.

Compartilhamentos