Ônibus/lanchonete colide com táxi em cruzamento

Os dois motoristas se acusam sobre avanço do sinal vermelho. Cinco pessoas ficaram feridas, entre elas funcionários da lanchonete
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um acidente num cruzamento do Bairro Santa Rita, em Macapá, deixou vários feridos na madrugada desta terça-feira (12). A colisão envolveu um ônibus adaptado para a venda de lanches e um táxi.

O acidente aconteceu por volta das 2h. O ônibus trafegava pela Avenida FAB, e o táxi pela Rua Hildemar Maia em direção ao Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre, onde ia buscar um passageiro.

Os dois se chocaram debaixo do semáforo da Avenida FAB. Com a colisão, o ônibus ficou desgovernado, subiu numa calçada  e bateu contra o muro da Escola Estadual Antônio João. Por sorte não passava ninguém no momento.

Ônibus ficou desgovernado e subiu a calçada da escola. Fotos: Olho de Boto

Táxi ficou bastante danificado: “um trabalhador sem trabalho”, queixou-se o taxista

Além do motorista, no ônibus estavam mais quatro trabalhadores da lanchonete. Dois deles foram atendidos pelo Samu e levados ao Hospital de Emergência de Macapá sem ferimentos graves.

O motorista do táxi também ficou ferido, porém, foi logo liberado e retornou ao local do acidente para prestar esclarecimentos à polícia e fazer o teste de alcoolemia, que deu negativo.

O motorista do ônibus também fez o mesmo procedimento e o resultado foi negativo. Ele permaneceu no local, prestou esclarecimentos e depois foi procurar atendimento médico se queixando dores em virtude do forte impacto.

Motorista do ônibus acusou o taxista de avançar o semáforo, e vice-versa

Há duas versões para o acidente. Sem gravar entrevista, o motorista do ônibus limitou-se a afirmar que o taxista avançou o sinal.

Já o taxista disse ao portal SELESNAFES.COM que o sinal estava aberto para ele.

“Cinco pessoas dentro um ônibus que é uma lanchonete. Todos soltos dentro do ônibus e foram para o pronto socorro junto comigo. (…) Meu táxi vai ficar parado e mais um trabalhador desempregado. Graças a Deus estou bem. Mas o ônibus avançou e acabou com o trabalho de um trabalhador”, queixou-se.

Air-bag foi acionado com o impacto

A Polícia Técnica do Amapá esteve no local, e vai apontar a circunstância real do acidente. Com o impacto, o semáforo deixou de funcionar e o muro da escola ficou parcialmente destruído.

Foram conduzidos para o HE:

Adriano de Souza, de idade não revelada; José Gleice Silva, de 29 anos; e Luiz Fernando Almeida Antunes, de 43 anos, motorista do ônibus.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.