“Era uma pessoa íntegra”, diz amigo de PM morto

Amigos e parentes prestam homenagens durante velório
Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Muita comoção e solidariedade marcaram o velório do sargento da PM Hudson Conrado, de 46 anos, no ginásio do Comando Geral da Polícia Militar, nesta quinta-feira, (19). Dezenas de militares, familiares e amigos prestaram homenagens ao sargento que serviu 25 anos para a segurança pública do Amapá.

O policial foi assassinado a tiros no início da noite de quarta-feira (18), em frente ao museu Sacaca, no Bairro do Trem. De acordo com informações da Polícia Civil, o militar foi alvejado com pelo menos oito tiros, um atingiu o coração causando morte instantânea.

“Era uma pessoa íntegra, amiga, e fazia a linha de frente da polícia. Infelizmente, ele deve ter sido perseguido e ocorreu essa fatalidade. Estamos assustados e abalados”, disse o amigo da vítima, cabo Renato Ferreira, de 43 anos.

Secretário de Segurança Pública, Ericlaudio Alencar, participa do velório do sargento ao lado do comandante da PM, Rodolfo Pereira: cautela nas investigações. Fotos: Cássia Lima

O militar estava lotado no 6ª Batalhão da PM, servindo na Rádio Patrulha. Ele estava de folga no momento do ocorrido e pegaria o plantão nesta quinta. O policial deixou esposa e um filho de 21 anos.

“É um momento de muita dor e falar sobre isso nos machuca muito”, disse um familiar da vítima que não quis se identificar.

Cabo Renato Ferreira: sargento Hudson fazia linha de frente da polícia

O Secretário de Segurança Pública, Ericlaudio Alencar, que esteve no velório, disse que há muita especulação sobre a fatalidade. Mas garantiu que houve uma união da Polícia Rodoviária, Civil, Militar e Federal no caso.

“Há muitas versões sobre o que realmente aconteceu, e por isso não queremos adiantar muitas informações. Alguns infratores já se apresentaram para a Polícia Civil, mas vamos tratar tudo com cautela”, ressaltou o secretário.

O sepultamento do policial terá todas as honras militares. A previsão é de saída às 16h do Comando Geral e destino para o cemitério São José, no Bairro do Buritizal, zona sul de Macapá.

Amigos e familiares se despedem do sargento no ginásio do Comando Geral da PM

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.