Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Um evento vai reunir ex-alunos do Mestre Oscar Santos para uma homenagem ao maestro. No concerto, programado para esta sexta-feira (1º), os músicos vão executar aproximadamente 20 canções de composição de Oscar Santos, sob a regência do maestro Joaquim França, idealizador do projeto.

Joaquim França, de 55 anos, foi aluno do maestro aos 13 anos, e, aos 17, assumiu a regência da banda Oscar Santos, antes da morte do mestre. França considera Oscar Santos um dos melhores compositores de dobrados (marcha militar) do Brasil.

Mestre Oscar Santos morreu em 1976, aos 71 anos Foto: Arquivo Pessoal

Ele contou que há três anos vem tentando desenvolver esse projeto que tem como objetivo, no futuro, a gravação de um CD com composições do maestro.  

“Este ano resolvi me dedicar a isso. Qualquer trabalho que aparecia, deixava de lado para me dedicar a isto”, falou o maestro.

Na orquestra, estarão reunidos 40 músicos, boa parte ex-alunos de mestre Oscar Santos, que tocaram com ele na década de 60 e 70. Além das marchas, os músicos vão executar outras composições do maestro, como choro e samba. 

Orquestra vai reunir 40 músicos Foto: André Silva

O concerto vai acontecer no Teatro das Bacabeiras, a partir de 20h, e a entrada será franca.

Oscar Santos, paraense, nasceu em 1905. A influência para a música veio do pai, que era dono de um conjunto musical na cidade de Abaetetuba, no Pará. Na década de 1960, ele foi convidado pelo então governador Janary Nunes para assumir a banda da Escola Industrial de Macapá, permanecendo no Amapá até a sua morte, em 1976, aos 71 anos.

Compartilhamentos