Depois de fazer reféns, assaltante também é reconhecido por estupros

Ele foi preso pela PM depois de render moradores de uma casa após um roubo frustrado a um supermercado
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Civil de Macapá investiga um assaltante preso pela Polícia Militar do Amapá logo após um roubo frustrado com reféns, no Centro de Macapá, na tarde deste sábado (23). Além desse crime, ele confessou outro assalto e ainda foi reconhecido por 3 estupros.

Por enquanto, o criminoso está identificado como Fernando Alves Correa, de 44 anos, que seria de Belo Horizonte (MG). Contudo, a polícia identificou alguns erros na carteira de identidade dele, demonstrando que o documento pode se tratar de uma fraude.

Fernando Correa foi preso pela PM depois de ter tentado assaltar o Supermercado Fortaleza, localizado na Rua Tiradentes, no Bairro do Trem.

“O funcionário resistiu e ele decidiu fugir sendo perseguido por populares. Fugiu para seu quitinete, que fica perto do supermercado. Lá ele pegou algumas coisas dele e pulou para a residência do fundo, onde rendeu os moradores”, explicou o delegado Nixon Kennedy.

Ele fez os moradores da casa reféns, mas pouco tempo depois acabou se entregando. Com ele, a PM apreendeu R$ 5,6 mil em dinheiro e uma arma.

Identidade pode ser falsa. Fotos: Olho de Boto

Delegado Nixon Kennedy: identidade a ser confirmada

O dinheiro ele tinha roubado de um correspondente bancário, no último dia 15, na Avenida Coaraci Nunes, também no Bairro do Trem. Nesse roubo, ele levou R$ 7 mil e a arma do proprietário do estabelecimento.

Ao ser apresentado no Ciosp do Pacoval, ele foi reconhecido pelos responsáveis do correspondente bancário, e ainda por vítimas de um estupro ocorrido também no dia 15.

“Numa casa haviam cinco meninas, e ele estuprou três, sendo duas adolescentes e uma moça de 18 anos”, informou o delegado.

Fernando Correa foi apresentado em flagrante por roubo, estupro e porte de arma de fogo. A Polícia Civil ainda tenta confirmar a identidade dele.  

Arma foi apreendida junto com o dinheiro

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!