Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Militar do Amapá ainda não conseguiu localizar o bandido que roubou o dinheiro da “caixinha” de Natal dos professores da Escola Estadual Deuzuite Cavalcante, na tarde desta quinta-feira (14), no Bairro Perpétuo Socorro, zona leste de Macapá. A PM corrigiu o valor levado: R$ 156 mil. Inicialmente, havia sido divulgado que a quantia era de R$ 100 mil.

O assalto aconteceu por volta das 18h. Os professores estavam reunidos em uma sala onde ocorria a prestação de contas. Depois, haveria a partilha das cotas da caixinha entre os profissionais.

O criminoso, que foi filmado entrando na escola vestindo um uniforme de aluno e segurando um caderno, invadiu a sala armado com um revólver calibre 22, segundo informou a polícia.

Tenente Marcelo Morais: professores foram displicentes. Fotos: Olho de Boto

Ele rendeu os professores e fugiu levando a bolsa com todo o valor. Do lado de fora, a Polícia Militar diz que um motoqueiro estava aguardando para dar fuga.

“Eles (os professores) foram displicentes. Não informaram a polícia, mesmo estando com mais de R$ 150 mil na escola. Não atentaram para as medidas de segurança”, avaliou o tenente Marcelo Morais, do 6º Batalhão da PM.

O criminoso já foi identificado. A PM tem o endereço dele, que é morador do bairro, mas ainda não foi encontrado. Os policiais já receberam muitas informações anônimas, mas nem todas são verdadeiras.

“Ele sabia da existência desse dinheiro, e chegou na sala perguntando pela professora que estava com o valor”, concluiu.

Bandido disfarçado de aluno entra na escola sabendo quem estava com dinheiro. Foto: Reprodução

O dinheiro da caixinha dos professores é uma tradição na Escola Estadual Deuzuite Cavalcante. Os valores são poupados graças a contribuições e eventos que são realizados durante o ano inteiro.  

Deixe seu comentário
Compartilhamentos