Tarifa social dará descontos na conta de luz

Tarifa social deve ajudar cerca de 64 mil famílias, com as contas.
Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Os consumidores de baixa renda cadastrados pela Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) devem ser beneficiados com a tarifa social. O benefício dará descontos na conta de luz a partir do consumo de energia.

Segundo o presidente da CEA, Marcelo Machado, o reajuste de 37% na energia gerou muitas reclamações na companhia, que ficou mais de 10 anos sem realizar qualquer revisão tarifária. Ele diz que a implantação da tarifa social deve ajudar cerca de 64 mil famílias, com as contas.

“Esse programa vai beneficiar diretamente mais de 300 mil pessoas. Mas vale ressaltar que só as famílias dentro dos critérios poderão participar e pedir o desconto”, disse o presidente. 

Segundo a tabela da CEA, quem possui de 0 a 30kw/h poderá ter até 65% de desconto; quem possui de 31 a 100kw/h poderá ter até 40% de desconto; e quem tem de 101 a 220kw/ poderá ter desconto de 10% no valor da conta de luz.

As famílias devem se enquadrar no CADÚnico, ou seja, ter renda inferior a dois salários mínimos, viver em área de risco, ter idosos ou portadores de necessidades especiais, entre outras exigências. O cadastro pode ser feito pela internet.

As pessoas que já possuem, podem solicitar tarifa social na CEA de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h. É importante ter em mãos CPF, RG, informar se a família é indígena ou quilombola se for o caso -, e ter Número de Identificação Social (NIS) ou benefício de prestação continuada.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.