Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Morreu na madrugada desta segunda-feira (4), na cidade de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, o professor Manoel da Anunciação. Ele tinha 50 anos, e lutava contra um câncer no estômago.

“Sanção”, como era conhecido por amigos e alunos, tinha passagens por inúmeros cursinhos preparatórios, ele também era considerado um dos nomes mais importantes da educação pública no Amapá. Foi em Santana, onde morava com a família, que ele fez carreira no magistério.

Em quase 3 décadas, ele atuou em escolas tradicionais da rede estadual como a Barroso Tostes e Augusto Antunes, além do extinto Desafio.

Ele tinha um câncer no estômago que evoluiu para metástase e atingiu o fígado. Recentemente, ele passou por uma cirurgia para a retirada de um coágulo num pulmão. Contudo, o médico já havia confirmado o estágio terminal, e ele foi liberado para ficar em casa.

“O médico deu de 3 a 7 dias de vida, e deixou que ele ficasse em casa aguardando. Mas até o último momento ele teve esperança de ser curado”, revelou um amigo.

Anunciação morreu na casa de uma irmã que estava cuidando dele nos últimos momentos. Ao lado estava a única filha. Ela mora em Brasília e veio para o Amapá ficar ao lado do pai. 

Compartilhamentos