Amapá forma a 1ª turma de uma escola militar

Escola fica no Pantanal e é dirigida por uma oficial do Corpo de Bombeiros
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Vestindo uma farda de gala especialmente confeccionada para o evento, 66 alunos da Escola Risalva Freitas do Amaral, administrada pelo Corpo de Bombeiros e a Secretaria de Educação do Amapá (Seed), participaram da primeira formatura de uma turma desde que essa modalidade de ensino e gestão compartilhada foi implantada no Estado. 

As chamadas “escolas militares”, que pela Seed são tratadas como “escolas de gestão compartilhada”,  foram implantadas pelo governo do Estado no ano passado e são administradas pela PM e Corpo de Bombeiros. São duas na capital. Uma terceira ainda será inaugurada no município de Santana, este ano. A  proposta é unir civismo e educação regular. 

A solenidade de formatura foi realizada na quadra da escola, na última sexta-feira (12). O colégio funciona no Bairro do Pantanal, na zona norte de Macapá, e é dirigido por uma oficial do Corpo de Bombeiros. Os alunos são de turmas do ensino médio e da 2ª etapa da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Cerimônia foi realizada na quadra da escola. Fotos: Philippe Gomes/Secom

Aluna recebe canudo das mãos da secretária de Educação do Amapá, Goreth Souza

A quadra ficou cheia de familiares, professores e militares. A cerimônia teve um rito: a entrada dos formandos, a guarda-bandeira composta por alunos, a execução do lema e do juramento, a entrega dos canudos e os discursos e mensagens de agradecimento.

A escola é dirigida pela 1° tenente Greyce Caroline. Ela lembrou os desafios enfrentados na implantação do novo modelo de ensino, e agradeceu o trabalho dos professores, militares e funcionários.

Comandante geral do CBM, Wagner Coelho, com formanda: muita discussão antes da implantação do novo modelo de ensino

O comandante geral do Corpo de Bombeiros do Amapá, coronel Wagner Coelho, comandou a cerimônia de formatura.

“Foram anos de audiências públicas e planejamento para conseguirmos implantar este modelo de ensino em 2017. E o resultado é maravilhoso com os primeiros alunos formados”, avaliou.

Gestão da escola é compartilhada entre militares e Seed. Foto: Arquivo/SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!