Compartilhamentos

SELES NAFES

O ex-prefeito de Santana e atual presidente do PT do Amapá, Antônio Nogueira, não será mais candidato nas eleições de outubro. Ele avaliou que seria barrado pela Lei da Ficha Limpa, e decidiu lançar uma das irmãs como candidata à deputada estadual.

Nogueira foi condenado, com trânsito em julgado, numa ação movida pelo Ministério Público Eleitoral. Ele foi acusado de envolvimento no esquema fraudulento de emissão de carteiras de habilitação no Detran do Amapá, na eleição de 2002. Na época, ele foi eleito deputado federal, já pelo PT.

Em 2016, Isabel ficou em quinto lugar na disputa pela prefeitura de Santana. Foto: Arquivo/SN

Nogueira pensava que nada o impediria de concorrer por já ter cumprido os oito anos de suspensão dos direitos políticos. No entanto, no ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a Lei da Ficha Limpa, criada em 2010, pode ser aplicada em casos anteriores à lei. Foi um balde de água fria nos planos do petista.

“Existe uma emenda que está sendo discutida na Câmara que pode mudar isso, mas a aprovação pode demorar muito. Então o meu grupo político em Santana decidiu pelo nome da Isabel (Nogueira)”, explicou ao portal SELESNAFES.COM.

Isabel Nogueira já tinha sido candidata à deputada estadual em 2014, e, em 2016 ficou em quinto lugar na disputa pela prefeitura de Santana, com 11% dos votos válidos.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos