Compartilhamentos

SELES NAFES

Deverá ser lançado até o dia 31 de janeiro o edital do concurso da Superintendência de Trânsito e Transportes de Santana (STTrans), cidade a 17 quilômetros de Macapá. O órgão já definiu em 19 o número de vagas a serem preenchidas.

Serão contratados 14 agentes de trânsito, três auxiliares administrativos, um contador e um auxiliar de serviços gerais.

Os salários também já foram definidos. A maior remuneração será do agente de fiscalização de trânsito e transportes. O salário base será de R$ 1.235,00, mais 8,89% do reajuste definido entre a prefeitura e o sindicato dos servidores, o que eleva essa remuneração para R$ 1.344,00.

Além disso, o agente receberá uma gratificação de risco de vida que será de 30% sobre o salário base, e mais 40% da gratificação por fiscalização de transportes, que no total deverá elevar o salário final para a casa dos R$ 2,2 mil.

O auxiliar administrativo receberá o salário base de R$ 1.296,00, mais 8,89% do acordo. O auxiliar de serviços gerais receberá R$ 1.235,02, além dos 8,89%. Já o contador, terá salário de R$ 1.774,00, mais 8,89%.

Josiney Pereira Alves, da STTrans: novos servidores poderão estar contratados em agosto. Foto: Arquivo/SN

O prefeito Ofirney Sadala (PHS) nomeou uma comissão encarregada de elaborar o edital do concurso. O grupo de trabalho é comandado pelo subprocurador geral do município, Gerônimo Acácio. Como a eleição de outubro é estadual e o processo seletivo é municipal, a STTrans acredita que o pleito eleitoral não atrapalhará o concurso.

“Depois que o edital for lançado os candidatos terão de 2 a 3 meses para se preparar para as provas. Esperamos contar com esses novos servidores até agosto de 2018”, adiantou ao portal SELESNAFES.COM o superintendente da STTRans, Josiney Pereira Alves.

Com o concurso, o quadro da STTRans estará completo

Com a realização do concurso, o quadro de vagas da STTRans estará completo.

Santana, o segundo município mais populoso do Amapá, tem também a segunda maior frota de veículos: são 25 mil carros licenciados na cidade.

“Contudo, nós fizemos um estudo em março de 2017 e concluiu que a frota circulante, que entra e sai do município, é de 75 mil veículos mensais”, revelou Alves.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos