Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O aniversário de 248 anos da fundação da Vila de Mazagão Velho, distante 70 quilômetros de Macapá, ocorre desde as 5h desta terça-feira (23). Uma alvorada festiva marcou o início das comemorações na comunidade que promove uma série de atividades ao longo do dia. O evento conta com apoio do Governo do Estado do Amapá é da Prefeitura de Mazagão.

Pela manhã foi realizada também uma missa campal, próximo do cemitério São Benedito e uma exposição cultural na sede Mocito Ayres. Além disso, houve o hasteamento das bandeiras do Brasil, Portugal, Marrocos, Estado do Amapá e Município de Mazagão; e as homenagens póstumas aos primeiros mazaganistas (colonizadores), com salva de tiros pelo Exército Brasileiro e atiradores de São Tiago.

Na parte da tarde o local onde a festa continua será no  balneário às margens do rio Mutuacá.

Confira abaixo a programação.

PROGRAMAÇÃO/248 ANOS DE MAZAGÃO VELHO:

5h – Alvorada Festiva;
8h – Missa campal, no campo de futebol em frente ao Cemitério
09h – Solenidade cívica;
– Cântico do Hino Nacional (banda de música da PMAP);
– Cântico do Hino de Mazagão (Vera Nunes);
– Hasteamento das bandeiras do Brasil, Portugal, Marrocos, Estado do Amapá e Município de Mazagão;
– Homenagens póstumas aos primeiros mazaganistas (colonizadores), com salva de tiros pelo Exército Brasileiro e atiradores de São Tiago;
– Corte do bolo;
– Pronunciamentos: representante da comunidade, representante da bancada federal, representante da Assembleia Legislativa, presidente da Câmara de Mazagão, governador do Estado e prefeito de Mazagão;
– Cântico da Canção do Amapá (banda de música da PMAP);
– Encerramento com apresentação de marabaixo;
10h30 – Exposição Cultural e homenagem à Banda Placa, pelos 20 anos de contribuição com a cultura mazaganense (sede Mocito Aires);
12h30 – Programação no balneário às margens do rio Mutuacá
– Diversas atrações. Atração principal: Taty Taylor;
17h – Rufar dos Tambores (abertura das apresentações culturais)
17h15 – Grupo de dança Sensação Mazaganense
17h40 – Grupo de dança Simbauê
18h05 – Raízes do Marabaixo Infantil
18h30 – Grupo São Thomé (Comunidade do Carvão)
18h55 – Batuque Mururé
19h20 – Batuque Mãe de Deus da Piedade
19h45 – Batuque da Gungá
20h10 – Grupo Folclórico do Ajudante
20h35 – Foliões de São Sebastião
21h – Flores do Marabaixo
21h25 – Irmandade São Benedito e Santa Maria
21h55 – Grupo São Sebastião
22h – Grupo Raimunda Cabeleira
22h45 – Raízes do Marabaixo
23h15 – Banda Placa
0h30 – Finéias Nelluty
1h15 – Josy Santos

Foto de capa: Márcia do Carmo

Deixe seu comentário
Compartilhamentos