Ex-deputado e ex-secretário brigam em cela do Iapen

Confusão foi entre o ex-deputado Edinho Duarte e o ex-secretário de Finanças, Edmundo Tork
Compartilhamentos

SELES NAFES

O ex-deputado estadual Edinho Duarte e o ex-secretário de Finanças da Assembleia Legislativa do Amapá, Edmundo Tork, partiram para as “vias de fato”, neste fim de semana, em uma das celas do Instituto de Administração Penitenciária do Estado (Iapen). Só não foi pior porque o deputado Moisés Souza (PSC) conseguiu separar os dois.

Também há outra versão de pessoas próximas aos réus afirmando que a confusão teria ocorrido entre Tork e Moisés, sem apaziguada por Edinho Duarte. 

Desde o fim de 2016, os três cumprem pena de 13,4 anos por fraude em licitação e desvio. Eles dividem a mesma cela, no pavilhão F6, considerado o bloco especial da cadeia. Há um quarto detento com eles, condenado por tentativa de homicídio. Entretanto, até pouco tempo atrás, a cela também tinha um padre condenado pelo estupro de um menino de 11 anos, ocorrido no município de Mazagão.

Como nenhum dos internos ficou ferido na confusão, o fato não gerou uma ocorrência formal.

Contudo, o portal SELESNAFES.COM apurou que a briga ocorreu na noite do último sábado (6), após uma discussão entre Edinho e Tork por motivo desconhecido. Quando os agentes penitenciários chegaram ao local, o conflito já havia sido pacificado pelo deputado Moisés Souza.

“Se resolveram entre eles”, confirmou uma fonte do Iapen.  

Em setembro do ano passado, Edinho Duarte, que foi o 1º secretário da Mesa Diretora da Alap, perdeu o benefício do regime domiciliar por usar o telefone. Em novembro foi a vez de Moisés Souza, depois de se envolver em um acidente de trânsito na Rodovia JK.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.