Mais de 400 toneladas de entulhos foram retiradas das ruas em 2017

Serviço tem a finalidade de eliminar lixeiras viciadas.
Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A prefeitura de Macapá retirou mais de 400 toneladas de entulho das ruas de Macapá, no período de janeiro a dezembro de 2017. O serviço tem a finalidade de eliminar lixeiras viciadas, formadas por moradores. Alguns bairros lideram as ocorrências.

O lixo é jogado pelos moradores em canais, ruas, terrenos baldios e até muros de escolas. A preocupação é com a proliferação de mosquitos e doenças. Segundo a Secretaria de Manutenção Urbanística de Macapá (Semur), o combate é intenso.

Ação quer eliminar lixeiras viciadas Foto: Cássia Lima

O caso mais recente ocorreu na Rodovia Juscelino Kubitschek, quando um casal de idosos foi flagrado jogando lixo de obras na margem da via.

“Nós esperamos, abordamos e apreendemos o carrinho. Notificamos o casal para que eles não voltem a praticar o ato. Nesse caso, também notificamos quem pagou para eles [casal] jogarem o lixo”, falou o fiscal da Semur Paulo Pires.

Casal foi flagrado despejando lixo em via pública Foto: Cássia Lima

Bairros como o Perpétuo Socorro e Cidade Nova são os pontos com maiores ocorrências de despejo inadequado de resíduos sólidos em vias e logradouros públicos.  No ano passado, foram eliminadas mais de 20 lixeiras viciadas em toda a capital.

“No ano de 2017 foram mais de 400 toneladas. Foi um trabalho constante que contou com o apoio da fiscalização e monitoramento noturno da secretaria”, destacou o chefe da Divisão de Limpeza da Semur, Adrian Castelo.

As pessoas flagradas fazendo o despejo inadequado são autuadas e multadas. Além disso, o carro é apreendido e abre-se uma investigação. Em caso de reincidência, a multa chega até R$ 2 mil.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.