Menina de 12 anos é estuprada na frente dos avós

Bandidos ameaçaram matar a criança se os avós não entregassem dinheiro a eles
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Os avós de uma menina de 12 anos não puderam fazer nada para defender a neta durante um estupro ocorrido no último fim de semana, no município de Calçoene, cidade a 360 quilômetros de Macapá, na região norte do Amapá. Os criminosos foram presos.

A família teve a residência invadida durante a madrugada de domingo (7) pelos dois bandidos armados com facas.

Após o estupro, os avós da menina foram obrigados a entregar objetos de valor da residência e a importância de R$ 150 para os criminosos, que ameaçavam matar a menina com uma faca no pescoço dela. Em seguida eles fugiram.

Por volta das 9h da manhã, a Polícia Civil informou ao 12º Batalhão da PM sobre a ocorrência do crime e a possível localização de um dos acusados.

Eles foram identificados como Júnior Miranda de Souza, de 21 anos, e Alessandro Costa do Carmo, de idade não informada.

Júnior foi preso em casa. Segundo a PM, ele confessou o crime para os policiais da guarnição, e indicou o endereço do comparsa que ainda tentou fugir quando avistou a equipe da PM, mas não foi muito longe.

Os dois teriam confessado que, depois do roubo, usaram o dinheiro para comprar drogas de uma traficante identificada como Franciana Sarmento Leão, que também teria comprado os objetos roubados de outra residência.

Franciana Leão, que foi presa, assumiu ter encontrado com Alessandro do Carmo, na madrugada do crime, mas “apenas” para comprar os objetos roubados. Todos os envolvidos foram apresentados na Delegacia de Polícia de Calçoene.

O portal SELESNAFES.COM não conseguiu apurar qual o estado de saúde da menina. 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.