Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O assaltante que levou um tiro na perna durante perseguição policial, e que depois fez reféns em um restaurante no Bairro dos Congós, na zona sul de Macapá, morreu por volta das 13h45min desta quarta-feira (3).

O portal SELESNAFES.COM apurou que ele já havia sido liberado após atendimento no Hospital de Emergência de Macapá, e estava dentro de uma viatura da PM a caminho da Delegacia de Atos Infracionais (Deiai) quando passou mal. A viatura retornou ao Hospital de Emergência, onde ele acabou morrendo.

Erivan Silva Corrêa, de 17 anos, teria disparado acidentalmente na própria perna e atingido o comparsa, João Pimentel, de 18 anos, ferido nas nádegas. Pimentel continua preso.

Erivan Corrêa assim que saiu do HE. Foto: Olho de Boto

E ao retornar depois de passar mal na viatura

Horas antes, eles fizeram três assaltos em sequência e quando se depararam com uma equipe da PM decidiram invadir um restaurante. Erivan Corrêa foi o primeiro a se entregar, depois de ter perdido bastante sangue.

Ele chegou a cair e quase desmaiar na rua, logo depois de sair do restaurante acompanhando uma refém. O comandante do Bope, coronel Paulo Mathias, chegou a dizer que o criminoso estava em choque devido a perda de sangue.

Ao se entregar à PM…

…e desmaiar

Deixe seu comentário
Compartilhamentos