Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Há dez anos, a escola de samba do Rio de Janeiro Beija-flor de Nilópolis levava para a Sapucaí o samba enredo “Macapaba: equinócio solar viagens fantásticas ao meio do mundo”, uma homenagem aos então 250 anos de Macapá.

Para lembrar a data, a agremiação carnavalesca Piratas da Batucada, atual campeã dos desfiles amapaenses, em 2015, está promovendo uma festa que terá a presença do principal intérprete da escola carioca Neguinho da Beija-flor.

Piratas da Batucada é a atual campeã do carnaval amapaense Fotos: Arquivo

O evento, segundo o presidente da agremiação amapaense, Marcelo Zona Sul, faz parte do calendário de programações da Piratas da Batucada para o Carnaval 2018. Este é o segundo ano consecutivo que não haverá desfiles no sambódromo.

A festa vai acontecer no dia 20 de janeiro, na quadra de esportes do bairro Santa Inês, orla de Macapá. Além da presença do ídolo carnavalesco Neguinho da Beija-flor, a programação terá a presença da porta bandeira Selminha e da rainha de bateria Raissa, além da bateria do Piratão.

O futuro dos desfiles das escolas de samba

Para Zona Sul, se as escolas e a Liga das Escolas de Samba (Liesap) não acordarem para promover uma carnaval sustentável e que não dependa do aporte financeiro do governo estadual, os desfiles podem não acontecer mais.

“Se os nossos dirigentes de escolas de samba ficarem na inércia, de braços cruzados, esperando que o governo mande dinheiro para que o desfile aconteça, como era antigamente, com a crise que estamos passando, como parcelamento de salários e receitas caindo, com certeza, vai acabar”, prevê o carnavalesco.

Enredo foi “Macapaba: equinócio solar viagens fantásticas ao meio do mundo”

Ele acredita que a hora de tomar um posicionamento em relação a isso é agora, com a construção de um projeto viável e, se for preciso, fazer cortes na estrutura usada nos desfiles. Com isso, segundo acredita, é possível realizar um desfile.

“Se antes saía com quatro alegorias, agora sai com duas”, sugeriu.

O último desfile das escolas de samba em Macapá aconteceu em 2015. Naquele ano, a campeã foi a Piratas da Batucada. Para este ano, o governo já adiantou que não fará investimento na festa.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos