É tensa a negociação com bandidos que mantém refém ferida, diz PM

Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Dois criminosos estão mantendo uma refém em área de pontes do Bairro dos Congós, na zona sul de Macapá, desde o início da tarde desta sexta-feira (2). A negociação é tensa além do que se esperava, segundo a PM, principalmente porque os criminosos são bastante violentos e já feriram a vítima. 

A crise acontece desde as 13h30min na passarela da 8ª Avenida dos Congós. Segundo a PM, eram dois bandidos em fuga após um assalto. A dupla cruzou por uma viatura do 1º Batalhão da PM que iniciou a perseguição.

“Deparamos com dois indivíduos numa bicicleta, e uma pessoa num carro informou que eles haviam acabado de fazer o assalto em um mercantil”, explicou o sargento R. Nunes, do 1º BPM.

Bicicleta foi abandonada pelos criminosos. Fotos: Olho de Boto

Bope e Força Tática estão no local

Os criminosos estavam fugindo com R$ 100 e o celular do funcionário do mercantil. Ao perceberem que estavam sendo seguidos pela PM, eles abandonaram a bicicleta e entraram pela área de pontes.

Um dos bandidos pulou no lago, mas foi logo capturado pela PM. O segundo criminoso, no entanto, fez uma refém, e os policiais passaram a dar atenção ao bandido armado. O comparsa, que já estava algemado, se escondeu no mato, mas depois se entregou.

“Percebemos que ele havia feito refém uma moça, e pedimos apoio da Força Tática, Rotam e COE. Se Deus quiser vai se entregar e libertar a refém”, disse o sargento.

Policiais do 1º BPM iniciaram a perseguição

Um negociador do Bope está em contato com o bandido, mas ainda não houve avanços. O local está cercado para impedir que os bandidos fujam pela área de ressaca.

“Já lesionaram a vítima várias vezes com coronhadas, e por isso a negociação está muito tensa. Já são mais de 1 hora e meia de negociação, e ainda não evoluiu como a gente queria”, avisou o capitão Wilkison, do Bope. 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.