Em rave, PM apreende seringas e anabolizantes de animais

Organização havia sido denunciada por poluição sonora e não tinha licença ambiental nem de autorização do evento
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Durante o atendimento a uma denúncia de poluição sonora em uma festa rave na madrugada desta segunda-feira (12), que ocorria no Ramal Maria da Paz, no Distrito do Coração, na zona oeste de Macapá, o Batalhão Ambiental e a Força Tática da Polícia Militar acabaram apreendendo dinheiro, seringas e frascos de Potenay, um anabolizante de animais. A substância não é considerada droga e seus usuários se aplicam porque serve como estimulante. Quatro dos organizadores do evento foram presos.

Anabolizante que serve como estimulante…

… e seringas foram jogadas para o mato. Fotos: Olho de Boto

De acordo com a polícia, quando os participantes da rave avistaram a chegada da viatura desligaram o som. Ao ser solicitada pela equipe a presença do responsável, um homem de 31 anos afirmou ser o locatário da festa. O Batalhão solicitou a licença ambiental e de autorização do evento, que o organizador disse não existir.

No momento em que os policiais iriam começar a fazer buscas no local, outros organizadores tentaram impedir a entrada dos militares. Enquanto isso, outras pessoas, incluindo o locatário, começaram a jogar para uma área de mata sacolas contendo as seringas e os injetáveis. Outra sacola contendo mais de R$3 mil foi lançada para o telhado do estabelecimento.

Falsa CNH de organizador da rave

Os policiais deram voz de prisão para quatro dos organizadores, todos adultos, que foram conduzidos até o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Foi descoberto ainda que o locatário usava uma carteira de habilitação falsa, que continha sua foto e o nome de outra pessoa. O grupo poderá responder por crime contra a saúde pública.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.