Grupo de jazz amapaense faz vaquinha virtual para se apresentar na Europa

Meta é difundir o jazz criolo amazônico no 10° Stage Nomade de músicas da América do Sul.
Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

O grupo Eguamanojazz, formado por João Batera, Nelson Dutra e o maestro Elias Sampaio, criou uma campanha virtual para arrecadar dinheiro. A meta é difundir o jazz criolo amazônico, em julho deste ano, no 10° Stage Nomade de músicas da América do Sul, que vai acontecer na Normandia, França.

A expectativa dos músicos é juntar R$ 40 mil para cobrir os custos com divulgação e mostra do CD “Som Creolo da Amazônia”, durante o evento. As doações podem ser feitas através do link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/eguamanojazz-na-normandia.

“A campanha começou há uns 4 dias. Nossa meta é de R$ 40 mil, mas, até agora temos menos de R$ 1 mil. Contamos com o apoio de todos”, pediu o maestro.

No 10° Stage Nomade acontece intercâmbio entre professores, alunos, produtores musicais e de eventos em geral, especialmente, da América do Sul. O evento valoriza a continuidade das culturas musicais de raiz.

Eguamanojazz

Grupo é formado Nelson Dutra, João Batera e o maestro Elias Sampaio Fotos: Arquivo Pessoal

O Eguamanojazz é formado por profissionais da música que atuam em diferentes ramos do jazz. Juntos, eles fazem músicas instrumentais a partir de vivências em outros países, como Guiana Francesa, Martinique, França, Alemanha e Itália.

Na sua formação de repertório, o grupo procura fundir os elementos dessa cultura musical criola com estilos como o jazz, bossa nova, samba, baião, forró e outros. A proximidade fronteiriça com a Guiana Francesa traz também grandes influências, como o beguine, kumpá, kaseko  e o zouk, diz Sampaio.

No seu primeiro álbum, “Crioulo do Norte”, o grupo trouxe “Vida boa”, do compositor brasileiro Zé Miguel, composições de artistas estrangeiros, como Pierre-Marrie Levaillant, David Fackeure e Yan Hervé, e também composições de seus integrantes.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.